A CIDADE
 
 
Parque das Águas
Um dos mais belos da América Latina e o principal cartão de visitas da cidade. Possui uma área de 400.000 m de muito verde, alamedas e gramados, um lago com 90.000 m para desfrutar de passeios de barco ou pedalinho. Sua belíssima vegetação nativa compreende centenas de espécies vegetais, inclusive orquídeas raras e um Pau Brasil, plantado por Getúlio Vargas. Também são vistos com facilidade pequenos animais como micos, macacos e sauás. O Parque oferece para usufruto da comunidade local e de turistas as fontes de onde brotam águas de diferentes tipos: Mineral Gasosa Natural, Magnesiana, Sulfurosa, Alcalina, Carbogasosa e Ferruginosa.
 
 
Parque II
O parque II é uma extensão do Parque das Águas voltado para o Esporte e o Lazer, onde os visitantes encontram uma variedade de atrativos como a deliciosa ducha de água sulfurosa, pista de bicicross (com locação de bicicletas), quadra de peteca, volei, futebol society, pista de cooper, ginástica, aluguel de barquinhos controlados à rádio e lanchonete.
 
 
Pilares de Energia
O Parque, entre outras riquezas, tem como atrativo Três Pilares Energéticos em granito  que funcionam como agulhas – Litopuntura – e desobstruem e canalizam energia hidrovital para o meio ambiente. São Três Pilares com Mandalas da “Bandeira Brasileira” que captam: 1º- Energia cósmica e direciona para o interior da terra (Parque II); 2º- Energia do interior da terra e direciona para o cosmo (próx. Fonte Oriente); 3º- Canaliza as duas energias para manter o equilíbrio da região (próx. ao Monjolo). Estão localizados em pontos hidroenergéticos das linhas Radiestésicas que partem do Parque das Fontes em direção aos rios: São Francisco, Grande, Jequitinhonha e Doce, propagando-se por todas as bacias hidrográficas da América do Sul.